fbpx

Como aprender inglês traduzindo textos

Como aprender ingles traduzindo textos

Para ajudar qualquer pessoa a aprender inglês através de traduções de textos, primeiramente é necessário que se saiba informações básicas sobre sua língua nativa.

Para obter as traduções através de textos, é importante também que se procure adquirir o gosto pela leitura e para isso, é indispensável ler textos que sejam de fácil compreensão, o que sem dúvida eleva muito a motivação por este modelo de aprendizagem.

Textos de temas que sejam do gosto do tradutor

Assim como no português, por exemplo, para despertar o gosto pela leitura, é imprescindível que a pessoa comece lendo textos que sejam de gêneros textuais que lhes desperte interesse. De nada adianta tentar forçar alguém a ler, apresentando-lhe livros, revistas ou notícias que não sejam de sua preferência.

Então uma boa forma de aprender inglês através das traduções, é usando esse mesmo método. O tradutor em questão, deve buscar textos de assuntos do seu gosto, tornando a leitura mais leve e a tradução mais produtiva.

Textos já conhecidos

Traduzir textos que a pessoa já leu e conhece, também ajuda e muito, no aprendizado do novo idioma.

Deste modo, o tradutor já sabendo do que se trata o texto o qual ele vai traduzir, fica mais fácil de aprender as palavras e colocá-las em prática. E com isso, além de traduzir um texto que o próprio tradutor já conhece, ele pode até se sentir mais à vontade em fazer esse trabalho.

Tradução, em alguns momentos, pode ser um método um pouco cansativo, mas aqui em nosso site você pode entrar em contato conosco via e-mail ou WhatsApp e tirar algumas dúvidas.

Dando continuidade aos métodos de tradução que ajudam no aprendizado do inglês, vamos agora falar sobre músicas.

Traduzir letras de músicas internacionais

Muita gente ama música internacional, não é mesmo? Mas acontece que nem sempre o ouvinte sabe a tradução, e acaba apreciando apenas a melodia.

Com isso, usar letras de músicas para aprender inglês é também uma ótima opção. Além de curtir uma boa melodia internacional, você não corre o risco de cantar algo que seja desagradável, por apenas não saber o significado.

Nem sempre as músicas internacionais com melodias românticas, possuem letras românticas. Então é necessário, sobretudo, saber a tradução, principalmente se a pessoa gostar de cantar em público.

E assim como os textos, é bom também escolher músicas que sejam da sua preferência. Além de aprender o inglês, você aproveita para ouvir suas músicas preferidas.

Textos de diversificados gêneros

Foi dito anteriormente que escolher texto do gosto do tradutor facilita o processo de tradução e aprendizagem do inglês. Porém, após um pouco de prática, é bom sair da zona de conforto e traduzir também textos referentes a outros gêneros.

Se o tradutor busca apenas traduzir textos que já são de seu conhecimento, favorece o processo de tradução, mas pode não facilitar totalmente na evolução da aprendizagem.

Aprender vai muito além de buscar sempre algo que seja do seu gosto, é necessário também ter conhecimentos de outros tipos de textos.

Além de aprender o inglês através da tradução de texto, o tradutor aprende ainda sobre novos textos, e com isso, acaba tendo um duplo conhecimento: sobre o texto e sobre o inglês, ampliando e enriquecendo seu vocabulário.

Então, gostou do conteúdo que disponibilizamos para você? A Top Style espera que este artigo lhe tenha mostrado algumas dicas úteis de como iniciar a sua jornada no aprendizado do idioma inglês através de traduções de textos.

Agora que você sabe quais são os primeiros passos que deve dar para aprender inglês, que tal se organizar para iniciar o alcance desse objetivo? Faça um curso de inglês na Top Style! Entre em contato conosco e marque uma visita em nossa escola.

O que aprender primeiro no inglês

Atualmente, aprender inglês deixou de ser uma opção para se tornar uma necessidade, principalmente para as pessoas que desejam se diferenciar no mercado de trabalho. Afinal, muitas das empresas hoje atuam internacionalmente, tendo assim, diálogos e projetos com diversos outros países. Dessa forma, aprender inglês é algo imprescindível, até porque a tendência é que a economia se torne cada vez mais globalizada.

No entanto, é fato que muitas pessoas não sabem o que aprender primeiro no inglês. Devo começar com a conversação ou com a escrita, por exemplo? Ciente disso, preparamos este conteúdo para trazer um norte em relação ao seu aprendizado inicial nessa língua, a qual pode abrir várias portas. Confira as dicas que separamos para você:

Conteúdo gramatical

O aprendizado em inglês se dá em módulos, que se estendem do nível básico até o mais avançado. Com base nisso, podemos compreender qual é o primeiro passo ou por onde você deve começar para aprender inglês.

Então, embora não seja uma regra rígida ou inflexível, para as pessoas que não têm qualquer domínio em inglês, recomenda-se iniciar seu aprendizado estudando o conteúdo gramatical da língua inglesa, com base nas necessidades que encontramos ao querer pensar ou nos expressar no idioma.

O conhecimento de itens como pronomes, verbos, predicados e advérbios ajudará na elaboração das primeiras frases, o que aumentará sua motivação no aprendizado.

Dominando essa primeira parte, que busca ensinar a base do inglês, você pode iniciar a escrita de frases simples, bem como colocar em prática o que aprendeu, a partir da conversação. Desse modo, podemos dizer que, em primeiro lugar, deve-se aprender a base da língua para depois dominá-la, sabendo como escrevê-la corretamente e falá-la.

O conteúdo gramatical está presente em todos os níveis de aprendizado do inglês

É importante destacar que a gramática estará presente em todos os níveis de aprendizado do inglês, mas a apresentação estruturada de cada conteúdo no momento certo, de acordo com a evolução do aprendizado, facilita o entendimento e a memorização de cada item gramatical.

Assim, você deve ir aprendendo o conteúdo gramatical aos poucos, do início ao fim do curso de inglês que pensa em fazer. À medida que for avançando, o aluno deve colocar em prática o que aprendeu, utilizando todas as estruturas gramaticais e vocabulários adquiridos e necessários para as diversas situações do nosso dia a dia.

Conversação

A conversação permite ao aluno tanto entender o outro, como a si mesmo, de maneira a verificar se o seu inglês está fluindo, além de ser um fator determinante para fixar o conteúdo gramatical aprendido, aperfeiçoando cada vez mais o novo idioma.

Na Top Style, prezamos o método da conversação progressiva. Através da perfeita harmonização da apresentação da gramática, exercícios, vocabulário e prática da pronúncia do idioma desde o início do curso, incentivamos o aluno a desenvolver a conversação em todos os níveis, desde o básico até o avançado.

Leitura e música em inglês

Além da conversação, é fundamental escutar músicas em inglês e acompanhar a letra simultaneamente. Este processo desenvolve a memorização da escrita e som das palavras, facilitando a familiarização com o idioma. Assim, selecione as músicas que mais gosta e coloque em prática seu inglês!

A leitura, por sua vez, também pode ser otimizada se utilizarmos livros, revistas e jornais. Comece pelos níveis básicos de leitura, possibilitando que você consiga ler e ter entendimento total do texto, sem ficar atrelado à um dicionário. Deste modo, você terá uma leitura mais produtiva e agradável, dando ânimo para progredir para textos com conteúdos mais avançados, desenvolvendo e ampliando gradativamente a sua gramática e vocabulário.

Então, gostou do conteúdo que disponibilizamos para você? A Top Style espera que este artigo lhe tenha mostrado algumas dicas úteis de como iniciar a sua jornada no aprendizado do idioma inglês. 

Agora que você sabe quais são os primeiros passos que deve dar para aprender inglês, que tal se organizar para iniciar o alcance desse objetivo? Faça um curso de inglês na Top Style! Entre em contato conosco e marque uma visita em nossa escola.